História

Simbologia da Bandeira

Bandeira de Moçambique

O significado das cores, segundo a constituição da républica de Moçambique, é o seguinte: 

  • Vermelha – a luta de resistência ao Colonialismo a Luta Armada de Libertação Nacional e a defesa da soberania;
  • Preta – o continente Africano;
  • Verde – a riqueza do solo;
  • Amarela-dourada – a riqueza do subsolo;
  • Branca – a paz.

A estrela representa a solidariedade entre os povos, a arma AK-47, simboliza de novo a luta armada e a defesa do país, o livro faz lembrar a educação por um país melhor e a enxada a agricultura. É a única bandeira do mundo a incluir a ilustração de um rifle moderno.

O Brasão

Emblema da República de Moçambique

O Brasão da armas de Moçambique, tem como elementos centrais um livro aberto sobre o qual se cruzam uma arma e uma enxada, estando o conjunto disposto sobre o mapa de Moçambique como se estivesse a ser olhado a partir do Oceano Índico. por baixo do mapa está representado o mar e por cima o sol nascente, de cor avermelhada sobre um campo dourado, delimitado por uma roda dentada. À direita e à esquerda deste conjunto encontram-se, respectivamente, uma planta de milho com uma maçaroca e uma planta de cana de açucar e, entre elas, no topo uma estrela vermelha contornada de ouro. Por fim, por baixo encontra-se uma faixa vermelha com os dizeres “República de Moçambique”.

O significado destes símbolos são o seguinte:

  • O livro simboliza a educação;
  • A arma simboliza a luta de resistência ao colonialismo, a Luta Armada de Libertação Nacional e a defesa da soberania;
  • A enxada simboliza o campesinato;
  • O sol nascente simboliza a nova vida em construção;
  • A roda dentada simboliza a indústria e o operariado;
  • As plantas simbolizam a riqueza agrícola;
  • A estrela representa a solidariedade entre os povos.

 

Antes dos portugueses descobrirem e se instalarem em Moçambique, existiam lá duas comunidades relativamente bem organizadas, o Reino do Monomotapa e os centros Suailis. Estes entraram numa fase de desintegração, com constantes guerras internas. Foi Pêro da Covilhã, o primeiro português a contactar com os povos desta região.

A história de Moçambique encontra-se decumentada pelo menos a partir do século X, quando um estudioso viajante árabe, de no nome Al-Masudi, descreveu uma importante actividade comecial entre as nações da região do Golfo Pérsico, que incluia grande parte da costa norte e centro do actual Moçambique.

De inicio, Moçambique era governada como parte constituinte da Índia Portuguesa, tornando-se mais tarde  em uma administração separada. Foi parte da África portuguesa desde 1751, colónia portuguesa até 1951, e a partir daí Província Ultramarina.

A invasão portuguesa em Moçambique é iniciada no inicio do século XVI. Esta região foi sempre considerada estratégica na rota do caminho marítimo para a India.  

A exploração do interior de Moçambique pelos portugueses foi muito lenta, e limitou-se quase sempre à procura de Ouro, no reino do Monomotapa.

Só em 1885 com a partilha de África pelas potências europeias durante a Conferência de Berlim é que Moçambique se transformou numa ocupação militar, levando no início do século XX, a uma verdadeira administração colonial.

Moçambique, à semelhança do que acontecia em outras colónias europeias, começa a ser administrada por grandes companhias, a quem o Estado português concede vastos territórios.

Tornou-se independente em 25 de Junho de 1975, na sequência da Revolução dos Cravos. Após a independência, com a denominação de República Popular de Moçambique, o país seguiu uma política socialista, que acabou em 1987, quando foram assinados os acordos com o Banco Mundial e FMI.

Moçambique para além de membro da ONU, da União Africana e da Commonwealth, é também membro fundador da SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral). 

Depois da primeira Guerra Mundial existe a expansão das vias de comunicação (estradas e caminhos de ferro). As duas principais vias férreas, é a que liga o porto de Maputo à África do Sul e o que liga o da Beira a Salisbury.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: